Criando Chaves SSH


A Maxihost oferece aos usuários a capacidade de provisionar servidores usando chaves SSH.

SSH fornece uma maneira segura de fazer login em seus servidores e é muito fácil de ser utilizado. Aqui você aprende o que é SSH, como funciona e como criar chaves SSH no Windows, Linux e Mac.

Se você já está familiarizado com o funcionamento do SSH, vá para Acesso por Chave SSH.

O que é SSH

SSH é um protocolo de administração remota que permite aos usuários controlar e modificar seus servidores remotamente. SSH usa técnicas de criptografia para garantir que toda a comunicação de e para o servidor remoto aconteça de maneira criptografada.

Fornece um mecanismo para autenticar o usuário, transferindo os inputs do client para o host e retransmitindo os outputs de volta para o client.

Qualquer usuário Linux ou macOS pode acessar seus servidores remotamente por SSH diretamente da janela do terminal. Usuários Windows podem tirar proveito de clientes SSH como o PuttY.

Como SSH funciona

Linux e Mac permitem que você use clientes SSH diretamente da janela do terminal. Se você usa Windows, precisará baixar um cliente SSH para abrir conexões SSH. O cliente SSH mais popular é o PuTTY.

O comando SSH consiste em três partes distintas:

ssh {usuário}@{host}

O comando de chave SSH instrui seu sistema que você deseja abrir uma conexão segura. {usuário} representa a conta que você deseja acessar.

Por exemplo, você pode querer acessar o usuário root, que é basicamente sinônimo de administrador do sistema com direitos completos para modificar qualquer coisa no sistema. {host} refere-se ao computador que você deseja acessar. Pode ser um endereço IP ou um nome de domínio (por exemplo, www.dominioxyz.com.br).

Ao apertar Enter, você será solicitado a digitar a senha para a conta solicitada. Quando digitá-la, nada aparecerá na tela, mas sua senha está, de fato, sendo transmitida. Quando terminar de digitar, pressione Enter novamente. Se a sua senha estiver correta, você será saudado com uma janela de terminal remoto.

Você pode ler mais sobre os comandos SSH aqui.

Criando Chaves SSH

No Windows

Você pode criar chaves SSH de várias maneiras. O Windows requer um cliente SSH, mas não possui um cliente SSH padrão no sistema operacional.

Em nossa opinião, a maneira mais fácil de criar uma chave SSH no Windows é pelo próprio PuttY.

  1. Faça o download do PuttY. Os dois binários que você precisará são:
    - PuTTY (o próprio cliente SSH e Telnet) 
    - PuTTYgen (um utilitário de geração de chaves RSA e DSA)
  2. Abra o programa PuTTYgen.
  3. Para Type of key to generate, selecione SSH-2 RSA.
  4. Clique no botão Generate.
  5. Digite uma frase secreta no campo Key passphrase. Digite a mesma frase secreta no campo Confirm passphrase. Você pode usar uma chave sem uma frase secreta, mas isso não é recomendado.
  6. Clique no botão Save private key para salvar sua chave privada. Importante: Nunca compartilhe sua chave privada.
  7. Copie o conteúdo que está em Public key for pasting into OpenSSH authorized_keys file.
  8. Salve o conteúdo que você acabou de copiar em algum lugar. Esta é a chave pública que você vai usar com a Maxihost e qualquer outro serviço que você queira conectar com SSH. Você pode salvá-la como um arquivo .txt para poder abri-la mais facilmente depois.

No Linux e macOS

Quando você gerar as chaves, você usará o ssh-keygen para armazenar as chaves em um local seguro.

  1. Abra uma janela do Terminal.
  2. Digite o seguinte comando:
    ssh-keygen -t rsa
    Isso inicia o processo de geração da chave. Quando você executa esse comando, o utilitário ssh-keygen solicitará que você indique onde armazenar a chave.
  3. Pressione a tecla ENTER para aceitar o local padrão. O utilitário ssh-keygen solicitará uma frase secreta.
  4. Digite uma frase secreta. Você também pode pressionar a tecla ENTER para aceitar o padrão (sem frase secreta). No entanto, isto não é recomendado. Você precisará inserir a frase secreta uma segunda vez para continuar.
  5. Após de confirmar a frase secreta, o sistema gerará o par de chaves (uma privada e uma pública).

    Your identification has been saved in /Users/myname/.ssh/id_rsa.
    Your public key has been saved in /Users/myname/.ssh/id_rsa.pub.
    The key fingerprint is:
    ae:89:72:0b:85:da:5a:f4:7c:1f:c2:43:fd:c6:44:38 user@my-name.local
    The key's randomart image is:
    +--[ RSA 2048]----+
    |                 |
    |         .       |
    |        E .      |
    |   .   . o       |
    |  o . . S .      |
    | + + o . +       |
    |. + o = o +      |
    | o...o * o       |
    |.  oo.o .        |
    +-----------------+

Sua chave privada é salva no arquivo id_rsa no diretório .ssh. Nunca compartilhe sua chave privada com ninguém.

Sua chave pública é salva no arquivo id_rsa.pub e é a chave que você envia para sua conta Maxihost. Você pode salvar esta chave na área de transferência executando isto:

pbcopy < ~/.ssh/id_rsa.pub

Agora vá para Importando Chaves SSH para saber como importar sua chave SSH recém-gerada para a Maxihost.


Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação