Configure a VLAN Privada


Depois de criar uma VLAN Privada e atribuir ao servidor, será necessário configurá-la para enviar tráfego. Para executar esse passo, siga as instruções deste artigo, de acordo com o seu sistema operacional.

Windows Server

Nesta seção você vai aprender a configurar múltiplas VLANs em uma única interface de rede usando Windows Server 2012 ou posterior.

Configuração necessária

VLANs-config-01.png

  1. Para configurar uma VLAN única na interface, vá até Network Connections > Properties > Advanced > Selecione o campo VLAN ID e adicione o valor desejado.

    Caso deseje criar múltiplas VLANs na mesma interface, certifique-se de que a propriedade VLAN ID corresponde a 0, caso contrário, o procedimento não funcionará corretamente.

    VLANs-config-1.png
  2. Acesse a IPMI do seu servidor via Acesso Remoto.
  3. Na interface IPMI vá até Server Manager > Local server e clique em NIC Teaming.
    VLANs-config-02.png
  4. Para criar um novo time com uma única interface, clique em Teams > Tasks > New Team. Selecione a interface desejada (ex. 40GbE) e escolha um nome. Após criar o time, sua configuração de IP será eliminada e seu servidor ficará sem conexão com a internet até a conclusão do processo. Selecione a sua interface Pública para a VLAN Privada.VLANs-config-03.png
  5. Vá até Adapter and Interfaces e clique em TASKS > Add Interface.
    A primera interface deve ter um VLAN ID 0 (zero) ou Padrão.VLANs-config-04.png
  6. Configure a VLAN específica e clique em OK.
    Você deve configurar a mesma VLAN ID que aparece em seu dashboard.VLANs-config-05.png
  7. Para criar uma nova interface VLAN, repita o passo número 4.VLANs-config-06.png
  8. Para atribuir um endereço de IP à nova interface, clique em Network Connections e encontre a interface que você acabou de adicionar. Depois configure o IP, assim como as demais interfaces. É necessário configurar a VLAN 0 com o seu IP público.

Você pode configurar qualquer endereço de IP na sua VLAN Privada, ex. 10.10.10.1/24, e não é necessário configurar um Gateway nas interfaces privadas. A informação de gateway só é mandatória para interfaces públicas.

VLANs-config-07.png

Suponhamos que você tenha criado três interfaces VLAN (VLANs 1,2,3), na teaming interface e adicionou três endereços de IP. Aqui está o que você deverá ver na janela de gestão do servidor:

VLANs-config-08.png

Solução de problemas

  • Ao tentar configurar múltiplas VLANs, certifique-se de que o valor do VLAN ID na aba Advanced corresponde a 0 (zero).

  • Não configure a interface virtual primária com o VLAN ID, já que esta precisa estar em sua configuração padrão (VLAN ID 0). Caso a configuração de portas esteja como native, não faça nenhuma alteração.

Ubuntu

Estes passos são mandatórios para todas as versões do Ubuntu.

  1. Carregue o módulo 8021 no kernel.
    sudo modprobe 8021q
    
  2. Instale o pacote da VLAN.
    sudo apt install vlan
    

Ubuntu 16

  1. Crie uma nova interface que seja membro de uma VLAN específica (VLAN ID 10 e interface física eth1 são usados apenas como exemplo).

    Lembre-se que somente é possível usar interfaces físicas como base. Interfaces virtuais (ex: eth0:1) não irão funcionar.

    Este comando criará uma interface adicional, sem afetar a configuração de eth1. Substitua eth1 por sua interface pública.
    sudo vconfig add eth1 10
  2. Atribua um endereço para a nova interface.
    sudo ip addr add 10.0.0.1/24 dev eth1.10
    
  3. Inicie a nova interface.
    sudo ip link set up eth1.10
    

Configuração adicional

Para tornar esta configuração permanente e evitar a perda de suas preferências quando o servidor fizer o reboot, siga o comando abaixo:

  • Adicione o módulo ao kernel no boot:
sudo su -c 'echo "8021q" >> /etc/modules'
  • Crie a interface e torne-a disponível quando o sistema realizar o boot. Adicione as linhas de código a seguir: /etc/network/interfaces.d/50-cloud-init.cfg (modifique os valores de acordo com a sua realidade):
auto eth1.10
iface eth1.10 inet static
    address 10.0.0.1
    netmask 255.255.255.0
    vlan-raw-device eth1

Ubuntu 18/20

  1. Altere o arquivo de configuração do Netplan em: /etc/netplan/50-cloud-init.yaml e adicione a configuração abaixo ao final do arquivo. (VLAN 510 é apenas um exemplo. Altere os valores de acordo com a sua necessidade).
    vlans:
                vlan.510:
                        id: 510
                        link: eno1
                        addresses: [10.10.10.20/24]
    
    A seção VLAN está no mesmo nível de identação da "ethernet key". As duas estão contidas na própria rede.
  2. Salve e aplique as configurações adicionando o comando abaixo:
    sudo netplan apply
    

Esta configuração é permanente, não é necessário fazer nenhuma alteração.

CentOS 7/8 e Red Hat Enterprise Linux

  1. No Red Hat Enterprise Linux e no Centos 7 o módulo 8021q é carregado por padrão, ainda assim, você pode usar o comando (root) abaixo como alternativa caso necessário:
    modprobe --first-time 8021q
    modprobe: ERROR: could not insert '8021q': Module already in kernel
    
  2. Para exibir informações relacionadas ao módulo, digite o seguinte comando:
    modinfo 8021q
    
  3. Veja a página principal modprobe(8) para mais opões de comando.

Configurando o tagueamento VLAN 802.1Q usando arquivos IFCFG

  1. Configure a interface parent em: /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-eth*X*, endo X um número único, correspondendo a uma interface. Veja a seguir:
    Substitua a 'eth' por sua interface pública.
  2. DEVICE=ethX
    TYPE=Ethernet
    BOOTPROTO=none
    ONBOOT=yes
    
  3. Configure a interface VLAN no diretório /etc/sysconfig/network-scripts/. O nome do arquivo de configuração deve conter a interface parent, um . (ponto) e o ID da VLAN. Como exemplo, caso o ID seja 192 e a interface parent seja eth0, o nome do arquivo será: ifcfg-eth0.192:
    DEVICE=ethX.192
    BOOTPROTO=none
    ONBOOT=yes
    IPADDR=192.168.1.1
    PREFIX=24
    NETWORK=192.168.1.0
    VLAN=yes
    
  4. Caso haja a necessidade de configurar uma segunda VLAN, com por exemplo, um ID 193, na mesma interface, eth0, adicione o novo arquivo com o nome eth0.193 com os detalhes de configuração da VLAN. Reinicie o serviço de rede para que as mudanças passem a fazer efeito. Logado como usuário root digite o seguinte comando:
    systemctl restart network
    

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 0 de 0

Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação